terça-feira, 3 de Novembro de 2009

Séries televisivas sobre enfermagem

Como a maioria das pessoas sabe, a Enfermagem Portuguesa já teve dias melhores! Ainda assim, muito se faz neste País, por e para Enfermeiros, com uma única finalidade: a prestação de cuidados com qualidade, segurança e que vão de encontro à satisfação dos utentes! Todos aqueles que já passaram pelas nossas mãos sabem do que falamos! No entanto, todos aqueles que (feliz ou infelizmente) nunca necessitaram dos nossos cuidados, podem não saber o que fazem e porque fazem os enfermeiros portugueses! E com muita razão, até porque se há uma coisa que nos caracteriza, é a de andarmos a ser MUITO PREGUIÇOSOS COM A COMUNICAÇÃO. Ora pois! Não basta trabalhar e bem, ser competente naquilo que se faz, em Enfermagem tem sido cada vez mais necessário MOSTRAR o que fazemos! Estamos a ser empurrados para uma situação desfavorável no mercado de trabalho, muitas vezes por ignorância daqueles que comandam o destino da nossa profissão. A tentativa (legítima mas inocente) de desejar que haja enfermeiros suficientes que possam cuidar de todos os utentes, acompanhada do desejo de alguns senhores ganharem mais algum dinheirinho, levou a que se abrissem escolas de Enfermagem mais rápido e com mais desenvolvimento que os cogumelos selvagens. Resultado? Uns 3000 enfermeiros no desemprego e a aumentar. Porque ninguém soube prever que a idade da reforma ia aumentar, que se iam reformar serviços de saúde com intuitos economicistas e de redução de pessoal, que neste momento há mais enfermeiros que postos de trabalho. A OFERTA DE MÃO DE OBRA É MUITA, A PROCURA É POUCA, DESCE O PREÇO DOS SERVIÇOS E NÃO HÁ JUSTIFICAÇÃO PARA OS AUMENTAR. Incrível é como ninguém na enfermagem viu que isto ia chegar!!! Agora, que (alguns) já se aperceberam, não há maneira de fechar a torneira porque:
a)o ministério não quer porque em termos governamentais esta situação de mercado é extremamente benéfica;
b) as escolas não querem porque recebem o seu financiamento de acordo com o nr de alunos, por isso quantos mais lá andarem melhor, e temos muitas boquinhas de professores que já não são enfermeiros há muito tempo para alimentar;
c) porque infelizmente na Ordem e nalguns Sindicatos ainda há umas almas "iluminadas" que pensam que isto lá vai é quando houver enfermeiros suficientes pra preencher todas as vagas correspondentes aos cuidados de saúde que os portugueses necessitam, MAS QUE O GOVERNO NÃO ABRE NEM VAI ABRIR; por isso fazem força para que se formem mais e mais enfermeiros.

Quando assim é, e agora que até somos licenciados e mais autónomos e pensamos por cabeça própria (em vez de só fazer o que o sr dr manda), e estamos cada vez mais a ser subjugados por médicos que desconhecem as suas competências por isso têm medo que vamos roubar as deles, precisamos DESESPERADAMENTE,de dar a conhecer que somos e o que fazemos!

Por isso ,e à semelhança de outras séries televisivas tipo "house" e "anatomia de grey", em que as personagens principais publicitam para o publico português uma imagem de superioridade, competência, "coolness" e até divindade, é fundamental que nos organizemos por forma a divulgar duas FANTÁSTICAS SÉRIES que sairam à pouco tempo nos EUA, e que retratam as vivências e experiências hospitalares... DO PONTO DE VISTA DO ENFERMEIRO!!!!

E é de tal modo refrescante e correspondente é realidade que deve ser visto por todos, uma vez que tudo o que se passa nos cuidados de saúde se deve ao trabalho importante de DIVERSOS ACTORES, ENTRE OS QUAIS OS ENFERMEIROS, QUE SÃO MAIS DE 56500, A TRABALHAR NO NOSSO PAÍS E QUE TODOS OS DIAS FAZEM ESFORÇOS MONUMENTAIS PARA QUE TODOS OS PORTUGUESES RECEBAM OS MELHORES CUIDADOS POSSÍVEIS!

POR ISSO, E PELA EFECTIVA PIADA QUE ESTAS SÉRIES TÊM, VEJAM

NURSE JACKIE:

http://v.youku.com/v_show/id_XOTU0NTg5NjA=.html


MERCY:
http://www.nbc.com/mercy/


VALE A PENA! ;)

aquele abraço

2 comentários:

  1. adorei o texto, parabens!
    www.pedrolliveira.blogspot.com
    www.eticomagem.com.br

    ResponderEliminar
  2. Achei o seu blog quando pesquisava sobre a existência de séries televisivas que tinham a nossa profissão como plano principal e gostei do seu texto exemplificando seu ponto de vista acerca da situação de nossa classe eu seu país. Saiba que aqui no Brasil a situação não chega a ser muito diferente. Visite meu blog e vamos debater mais sobre esse assunto e outro acerca da Enfermagem. Um Abraço!

    ResponderEliminar