segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

O regresso e a Manif!


Custou, mas foi! Depois de algum tempo de ausência, aqui vos deixo algumas fotos daquela que foi a maior das manifestações de Enfermeiros dos últimos 30 anos!

Estamos, MESMO, de PARABÉNS!
Enviámos um forte sinal ao Governo, não estamos a brincar, não aceitamos ser discriminados e rebaixados, não vamos permitir que aumentem (e muito bem) os ordenados a professores, a gestores hospitalares e a médicos (que vão, de certeza aumentar, nas próximas negociações com o Governo, já neste mês, POR ISSO MUITA ATENÇÃO QUE ELES SÃO RATOS E VÃO TENTAR FAZER TUDO NO SEGREDO DOS DEUSES)e que os enfermeiros, OS ENTEADOS DO SNS, continuem a ser esquecidos nos aumentos salariais e afins!

Porque merecemos que nos seja reconhecido o risco, a penosidade e a responsabilidade inerentes à prática profissional! Isso implica a melhoria das condições financeiras, de reconhecimento da formação e autoridade dos lugares de chefia!

Falta referir duas coisas:

- Primeira, NATURALMENTE, UMA MANIF, POR MAIS PESADA QUE SEJA, NÃO CHEGA! Não podemos por isso desanimar, desencorajar, desesperar! Afinal (o que continua a ser desrespeitoso da classe, parecendo que estão a brincar connosco) temos ronda negocial com o Governo no dia 26 DE FEVEREIRO!

- Segunda, o que quer que façamos a seguir, VAI TER DE SER PIOR, TER MAIS VISIBILIDADE! De algum modo se coloca a vida dos utentes em risco, mas seja através de paralização nacional do trânsito ou ainda de paralisação dos Blocos Operatórios, criando um fundo comunitário que ajude esses enfermeiros a enfrentar uma duas ou as semanas de greve que forem precisas (situação que terá de ser analisada delicadamente, instituição a instituição!), vamos ter de dar outro sinal fortíssimo! VAI SER DIFICÍLIMO, MAS
É PRECISA FORÇA, PACIÊNCIA, PERSEVERANÇA, CERTEZA QUE ESTAMOS DO LADO CERTO DA BARRICADA!


Finalmente, temos de ser inteligentes! Temos de passar a mensagem correcta aos utentes, sobre aquilo que estamos a fazer! Foi opinião de muitos que,na última manif, para os media, se falou DEMASIADO DA QUESTÃO SALARIAL!Era o motivo da greve, mas não havia necessidade! Como faz o nosso "amigo" do Governo, há que saber dosear muito bem o que se diz e como se diz, tornando o negativo no máximo positivo possível! Sendo assim e assim sendo, importa veicular duas ideias principais:

NÃO QUEREMOS NENHUM AUMENTO, APENAS AQUILO QUE NOS É MAIS QUE JUSTO, A EQUALIZAÇÃO SALARIAL COM OUTROS GRUPOS PROFISSIONAIS!

A MELHORIA DAS CONDIÇÕES PROFISSIONAIS DOS ENFERMEIROS, CONDUCENTE A MAIOR MOTIVAÇÃO E INVESTIMENTO NO CRESCIMENTO DA PROFISSÃO, PERMITIRÁ MELHORAR A QUALIDADE DOS CUIDADOS DE SAÚDE (e não só de enfermagem, pois são interdependentes) EM TODO O PAÍS!

aquele abraço

Sem comentários:

Enviar um comentário