quinta-feira, 13 de maio de 2010

A Bíblia!




Se há quem se pergunte como a Enfermagem veio parar às "ruas da amargura", em termos de carreira, impacto político e reconhecimento social, há também alguns (e felizmente cada vez mais) que se perguntam COMO HAVEMOS DE SAIR DESTE BURACO!???

O DR Francisco George da DGS diz que não, diz que nunca fomos tão reconhecidos como antes! http://www.forumenfermagem.org/forum/index.php?topic=6569.0 Será assim Dr Francisco?

Talvez se olhasse para os Planos Estratégicos de alguns hospitais deste país e visse que em folhas e folhas de medidas a tomar, o nome dos enfermeiros ou actividades para os mesmos não são referidos mais do que DUAS vezes, talvez entendesse que o que diz está longe da verdade!

Ainda assim, e já me tendo desviado do tema, resta-me responder aos que querem saber o que, quando e como fazer pra "renovar" a Enfermagem!

Minhas Senhoras e meus Senhores, temos que começar por duas coisas:

- A primeira, é deixar o sofá, o relax, o negativismo e o cinismo e começar a ajudar! é verdade que as coisas não estão bem, que podiam estar melhor, que assim não dá, que anda a fazer a Ordem e os Sindicatos??? É! Mas também se deve perguntar "Que fiz eu hoje pela minha profissão, por mim, pelos meus doentes??? Pensemos no que podemos e devemos fazer pela profissão e abandonemos a ideologia egocentrista de pensar no que tem a profissão feito por mim!

- A segunda, é adquirir a Bíblia! E se, não quiser ou puder, pode sempre pedi-la emprestada! E o que é a Bíblia?

Não é mais nem menos do que o Livro "Do Silêncio à Voz", publicado em 2004, sobre o porquê do não reconhecimento social dos Enfermeiros e o que fazer para inverter essa situação! É mesmo! Duas jornalistas americanas que vieram ao nosso País há já mais de seis anos e que partilham conosco a miríade de exemplos levadas a cabo pelas Enfermeiras dos Estados Unidos!


"Estar em silêncio e ser desconhecido é um problema persistente na enfermagem. Estudos sobre a presença da enfermagem nos meios informativos no início dos anos 90 e no fim da década encontraram resultados espantosamente semelhantes: a maior profissão dos cuidados de saúde ainda é, em grande medida, invisível."



Não é um livro mágico de receitas, mas povoa-nos a cabeça de ideias refrescantes QUE TODOS, EM GRUPO OU INDIVIDUALMENTE, poderemos usar! Resta perguntar, havendo uma organização reivindicativa de Enfermagem que apoiou a publicação deste livro, alguém lá dentro o deve ter lido; porque é que ainda não começaram com mais iniciativas do género das sugeridas no livro???


Um simples exemplo, constante em moldes similares no livro, foi a divulgação do Barómetro FórumEnfermagem pelos Media, o que resultou em maior visibilidade, maior sensibilização do povo português, maior capacidade de relembrar os nossos governantes....http://www.publico.pt/Sociedade/maioria-dos-enfermeiros-considera-que-ganha-pouco_1436573?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:%20PublicoRSS%20%28Publico.pt%29


LEITURA FUNDAMENTAL PARA TODOS, recomendo qual Prof. Marcelo Rebelo de Sousa!


Independentemente dos resultados da "luta", é nesta altura de "pausa, reconsideração, estagnação" e crise, que TEMOS TEMPO E PERTINÊNCIA PARA DESENVOLVER TODAS E QUAISQUER ACÇÕES CONDUCENTES AO AUMENTO DO NOSSO RECONHECIMENTO SOCIAL! PENSEM NISTO!


Difícil de encontrar, fica a dica que o encontrei numa livraria online de um hospital da capital!

Boas leituras e, como sempre, aquele abraço! ;)

2 comentários:

  1. Para deixar o sofá e o marasmo podemos começar por participar mais nas iniciativas de luta contra estas medidas anunciadas pelo governo. Elas também vão atingir os enfermeiros começando logo por não haver aumentos durante anos (qual carreira, qual quê!), perda do subsídio de férias e de natal, agravamento das condições para a aposentação, mais precariedade com o congelamento de admissões para a saúde, etc. É já dia 29 de Maio (sábado) que vai acontecer a maior manifestação de sempre. Fala-se em 500 000 pessoas. Será que os enfermeiros são seres diferentes dos outros ?

    ResponderEliminar
  2. Excelente texto... parabéns.
    Espero que a dinamica e empenho por parte dos enfermeiros esteja sempre presente neste momento de adversidade.
    Shadownight Enfermeiros pela Enfermagem

    ResponderEliminar