quarta-feira, 16 de junho de 2010

Agradecimento



Então e porque não aproveitamos isto para uma actividade um tanto ao quanto "pedagógica"?

Porque não organizamos um "funeral da enfermagem"?? eu explico: uma cerimónia simbólica, cortejo fúnebre, com a presença da comunicação social, em que se participe de oculos escuros, com dramatização de muito choro e muita tristeza, carro fúnebre incluído. Giro giro é que, no final, vem-se a descobrir que quem está no caixão não é a enfermagem, mas sim a verdadeira saúde em Portugal na medida em que na homília final (também ela simulada) será dito, entre muitas outras coisas que, com o desinvestimento na enfermagem, o governo está a matar a saúde em portugal!

Fácil, relativamente barato e que com a participação de 100 a 200 pessoas já fazia história!

e então? bora lá?

aquele abraço

Sem comentários:

Enviar um comentário