segunda-feira, 26 de julho de 2010

Agora é que ela disse tudo!




No outro dia, em mais uma animadora conversa sobre a profissão e o futuro da Enfermagem neste País, uma colega disse

"A ENFERMAGEM PORTUGUESA É RECONHECIDA NO ESTRANGEIRO"

Ora tal afirmação não seria de estranhar, se colocada num contexto global, que falasse da enfermagem em Portugal, nos outros Países, comparações e demais equivalências profissionais...

Mas cada vez mais e INFELIZMENTE, esta frase tende a aparecer SOZINHA!

Isto é, a Enfermagem é reconhecida no estrangeiro - PONTO -

Por cá parece que ninguém quer saber dela. Procurem procurem, vão à "caça" lá fora, que aqui já vão entrar mais 2090...

aquele abraço

terça-feira, 13 de julho de 2010

Mau acordar




Toda a gente já teve um mau acordar...Há quem tenha um acordar difícil, há quem acorde tarde, há quem fique resmungão. No entanto (e salvo raras excepções), fisiologicamente, quando acordamos, existe um período inicial de adaptação dos olhos à luz, do corpo ao movimento, da cabeça ao pensamento. E espreguiçamo-nos, espreguiçamo-nos muito!

Ora há quem tenha acordado à pouco tempo... não sabemos se acordou sozinha, se alguém a acordou, ou porque é que acordou...

Certo é que, como em todos os acordares, está a acordar lentamente... e talvez chegue atrasada aos compromissos...

Mas também é certo que já não dorme, e não dormindo já só não fará o que deve se não quiser.


Fica a notícia na RTP

"Enfermeiros e advogados contestam aumento de vagas no superior

O aumento do número de vagas no ensino superior está a gerar protestos dos representantes das várias classes. Alegam que o mercado não tem capacidade para absorver mais profissionais, não se justificando o aumento de vagas. Acusam o Governo e o ministro do Ensino Superior de falta de coerência ."




aquele abraço

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Venham mais 2090 ....





"Entre os cursos que apresentam o maior número de vagas, destacam-se os cursos de Enfermagem, com 2090 vagas, Gestão, com 1896 vagas, Direito, com 1330 vagas, e Economia, com 1210 vagas."

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1616117

http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Ano-lectivo-de-20102011-abre-mais-vagas.rtp&article=359434&visual=3&layout=10&tm=8

http://www.diariocoimbra.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=8092&Itemid=111

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/ensino-superior-tvi24-vagas-universidade-educacao/1176934-4071.html

Há quem diga "juntar mais lenha à fogueira", a verdade é que só mesmo NESTE PAÍS! Não contentes com os 3500 desempregados, o Ensino Superior e o MCTES não surpreeende e abre mais 2090 vagas para Enfermeiros!

Fundamental, até porque esses enfermeiros vão ser todos contratados para o SNS ....


O mais engraçado é mesmo, dentro na necessidade absoluta de médicos que existe neste Santo País, mais uma vez o lobbie mostra a sua força e só abrem mais 3 vagas que em 2009! Abençoados 3 novos médicos que aí vêm!!

"Para a tão disputada Medicina, o Governo aprovou apenas mais três vagas do que em 2009. Ao todo, são 1661 lugares, dos quais apenas 1516 estão a concurso nacional. Os restantes serão para as escolas superiores militares (10) e para candidatos já com licenciatura (135).

As vagas a Medicina têm subido desde 2004, de 1185 para 1661, o que corresponde a 40 por cento de aumento. Este crescimento tem sido muito criticado pela Ordem dos Médicos (que considera que têm sido abertos lugares a mais). Contudo, as médias de entrada continuam a ser as mais altas de todo o ensino superior."


http://www.publico.pt/Educa%C3%A7%C3%A3o/ensino-superior-ha-mais-vagas-mas-nao-nos-cursos-de-medicina_1446263

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=178646


Uns mantêm o controlo do mercado e outro, perdendo-o, perdem os direitos e a dignidade profissional! Isso é que são prioridades!

aquele abraço

terça-feira, 6 de julho de 2010

Mais uma "lição" de educação para a saúde! (podiam ter sido enfermeiros, porque não?)



Ora aqui está outro exemplo giríssimo, daquilo que pode e deve ser educação para a saúde numa das idades mais importantes, naquela que as crianças são mais influenciadas por modelos e estímulos externos:

Trata-se do Livro Infantil Zé Pimpão: o acelera, de José Jorge Letria e André Letria, que foi posteriormente adaptado ao cinema em 2007!

Zé Pimpão é um fanfarrão que gosto de exibir carro e condução a toda a gente, incluindo a si próprio. Desconhecendo as suas limitações, julga-se é imune ao álcool… até ao dia em que sofre as consequências da sua estupidez.


A curta-metragem:




Fica a iniciativa, semelhante no objectivo, promovida pela AEOP:
www.aeop.net/fileManager/file/RegulamentoprojectoESaude.pdf


aquele abraço