sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Quem não sabe é como quem não vê ...




Ora aqui está uma daquelas coisas de que nem sempre nos apercebemos... Numa tomada de posição que data de 2006, a Ordem dos Enfermeiros assumiu uma determinada posição face à Investigação em Enfermagem.

Apesar de desconhecer a prática corrente, está patente no documento que a OE apoia:


- A promoção de estudos sobre a Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem como a Terminologia de Referência para os SIE;
- A divulgação de estudos de investigação de reconhecido valor científico;
- A replicação de estudos de investigação e a validação científica de instrumentos de pesquisa;


Nesse mesmo documento "enuncia quatro eixos prioritários de investigação:

1. Adequação dos cuidados de Enfermagem gerais e especializados às necessidades do
cidadão;
2. Educação para a Saúde na aprendizagem de capacidades;
3. Estratégias inovadoras de gestão / liderança;
4. Formação em Enfermagem no desenvolvimento de competências.


Ora, dependendo do apoio, será que a grande quantidade de Enfermeiros que se encontram no desemprego, enquanto aguardam por uma oportunidade no mercado de trabalho e aproveitando os conhecimentos de investigação "frescos", NÃO PODEM COMEÇAR A DESENVOLVER PROJECTOS DE INVESTIGAÇÃO, com esse mesmo apoio e utilizar o seu tempo numa actividade fundamental para a profissão, em vez de decidirem trabalhar em clínicas de borla ou por 3€ à hora? Ou juntarem-se a unidades de investigação já existentes nas instituições de ensino?

Fica aqui o link para o documento:

http://www.ordemenfermeiros.pt/tomadasposicao/Documents/TomadaPosicao_26Abr2006.pdf

Vale a pena pensar nisto! :)

aquele abraço

Sem comentários:

Enviar um comentário